Elaine Müller - Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Santa Catarina (2001); mestrado (2004) e doutorado (2008) em Antropologia pela Universidade Federal de Pernambuco. Tem experiência na área de Antropologia, com ênfase em Antropologia das Idades e do Curso da Vida e Memória e Patrimônio. Atualmente é docente da Universidade Federal de Pernambuco, no Departamento de Antropologia e Museologia, onde ministra as disciplinas de Expografia. Tem se dedicado também a atividades de pesquisa e extensão sobre parto e nascimento e seu impacto no curso de vida e construção de memórias pessoais. É líder do Grupo de Pesquisa Narrativas do Nascer e coordenadora do Laboratório de Expografia do Curso de Museologia - Expolab.

 

Tatianne Cavalcanti Frank

                               Tatianne Cavalcanti Frank - Mestre em Enfermagem pela Universidade Estadual de Maringá. Possui graduação em Enfermagem e    Obstetrícia pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE (1998). Especialização em Enfermagem Obstétrica pela Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC (2004). Atualmente docente em pós-graduações em obstetrícia. Organizadora da Capacitação em Parteria Urbana: Atenção ao Parto Domiciliar em Recife/PE. Atua no Grupo Demáter - Despertar da Maternidade Consciente no preparo e empoderamento de mulheres e casais para o parto e atende partos domiciliares. Pesquisadora do Grupo de Pesquisa Narrativas do Nascer - UFPE.

 

                                             Camila Pimentel Lopes de Melo - Bacharelado em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Pernamembuco (2003) - graduação sanduíche na UCLA (2002) e Mestrado em Sociologia pela Universidade Federal de Pernambuco (2007), com dissertação intitulada "Amores possíveis: as mulheres e os relacionamentos íntimos na contemporaneidade". Atualmente está cursando o Doutorado em Sociologia pela Universidade Federal de Pernambuco, atuando principalmente nos seguintes temas: Sociologia, sociologia da saúde, sociologia do parto, humanização do parto, gênero, estudos pós-coloniais. Atualmente é pesquisadora no Centro de Pesquisa Aggeu Magalhães/FIOCRUZ-PE

 

                                              Mariana de Oliveira Portella - Doutoranda em sociologia pela Universidade Federal de Pernambuco. Mestra em sociologia pela Universidade Estadual de Campinas (2011). Graduada em ciências biológicas (licenciatura) pela Universidade Estadual de Campinas (2006). Dedica-se à pesquisa e extensão na área de sociologia e antropologia da saúde, especialmente relativas às representações na assistência obstétrica, história da obstetrícia, discurso médico científico, políticas públicas voltadas para o parto e nascimento e narrativas de vida construídas a partir da experiência do parto. Interessa-se também por questões do âmbito da museologia, patrimônio e patrimônio imaterial. Pesquisadora colaboradora do Núcleo de Cidadania e Processos de Mudança (NUCEM/UFPE), do Núcleo Narrativas do Nascer (UFPE) e do projeto de extensão Museu da Parteira (UFPE).

 

 

                                               Possui graduação em Psicologia pela Faculdade Ruy Barbosa (2003), especialização em Psicologia Social e Comunitária (2006) e especialização em Intervenção em Psicolgia da Família e Realidade Social (2006). É mestre em Psicologia pelo Programa de Pós-Graduação em Psicolgia da UFPE (2009) e doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Antropologia da UFPE. Tem experiência na área de Psicologia, com ênfase em Psicologia Social, atuando principalmente nos seguintes temas: história da psicologia, educação para a saúde, o processo de gravidez, parto e puerpério, maternidade e paternidade, com destaque para as questões de gênero e família.

 

                                                Julia Morim de Melo - Graduada em Ciências Sociais e com mestrado em Antropologia, ambos pela Universidade Federal de Pernambuco, vem atuando nas áreas de antropologia urbana, antropologia da saúde, patrimônio e memória. Tem interesse nos estudos sobre o ciclo reprodutivo, em especial sobre parto e nascimento como eventos.

 

                                              Marília Nepomuceno Pinheiro - Graduanda em Ciências Sociais no curso de Bacharelado da Universidade Federal de Pernambuco - UFPE. Tem experiência na área de Museus, com pesquisa de acervo e principalmente com Arte-Educação. Bem como, tem também experiência, na área de pesquisa de campo e análise de dados.
Atualmente é bolsista de Iniciação ao Extencionismo no Projeto de Pesquisa e Extensão "Narrativas do Nascer: abordagem discursiva e banco de dados sobre parto e nascimento" financiado pela Secretaria de Políticas para as Mulheres e CNPq. Está mergulhada nas áreas de interesse da antropologia e sociologia do corpo e da saúde, cibercultura e ciberativismo de mulheres, com enfâse para os estudos sobre gênero, sexualidade, parto e feminismos. 

                                               Graduanda em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Pernambuco. Atuando nas áreas de antropologia visual. Tem interesse nos estudos sobre registro, memória e divulgação de parto.

 

                                           Pollyanna Mendes Alves - Graduanda em Ciências Sociais Bacharelado na UFPE.
Passou um ano e meio fazendo pesquisa na área de agricultura familiar e atualmente é bolsista no Grupo de Pesquisa Narrativas do Nascer.